Sintomas da TPM

Saiba como lidar com os Sintomas Da Tpm.

Artigo publicado por Bruna nas categorias: Bem Estar, Mulher

As mulheres possuem um ciclo hormonal de altos e baixos que orquestram o ciclo menstrual. Esse ciclo é essencial para a fertilidade da mulher e acaba influenciando no funcionamento de todo o corpo. Esse ciclo pode sofrer alterações em vários pontos e, assim, causando uma série de sintomas e mal estar nas mulheres.

O mais clássico problema do ciclo hormonal da mulher é a TPM, ou Tensão Pré Menstrual, um conjunto de sintomas que aparecem entre dez e dois dias antes da menstruação e que passam assim que a mulher menstrua. O quadro de sintomas da TPM varia muito de mulher para mulher e a Medicina não consegue definir bem a TPM. Por isso, a TPM é definida de forma muito vaga, como um conjunto de sintomas que surgem em dias próximos à menstruação.

Esse conjunto de sintomas variam de forma muito errática, e a Medicina já identificou aproximadamente duzentos sintomas de TPM. Algumas mulheres sentem mau humor e irritação, outras fraqueza. Você só precisa conversar sobre o assunto numa roda de amigas para perceber o quanto a TPM aparece de forma variada. Existe até algumas sortudas que nunca passaram por isso.

TPM

Para entender melhor a TPM e identificar os sintomas mais comuns dessa síndrome, é preciso explicar o que os “efeitos colaterais” do nosso ciclo de hormônios e identificar os vários níveis de TPM.

O Vai e Vem dos Hormônios

O cerne da TPM é a progesterona, que surge no meio do ciclo menstrual e é muito importante nessa segunda metade dele. A progesterona prepara o corpo para a fecundação e a possível gestação que irá acontecer. Infelizmente, a progesterona diminui os níveis de serotonina no cérebro. Para quem não sabe, a serotonina é o neurotransmissor que nos dá a sensação de bem estar e felicidade, e sua falta é sinal de um caso clínico de depressão.

Com a serotonina baixando, os primeiros grupos de sintomas da TPM começam: Os sintomas do humor. Eles são a ansiedade, depressão e irritabilidade. Algumas mulheres se irritam com pequenas coisas, outras choram fácil, muitas ficam caladas e tristes, outras desanimadas e fracas, algumas comem muito. Como a ansiedade, depressão e irritabilidade se manifestam de várias formas nas pessoas, o mesmo acontece com a TPM.

A progesterona também irá interferir na produção de outro hormônio, a aldosterona, um hormônio que causa a retenção líquida. Isso leva algumas mulheres a se sentirem inchada e terem dores de cabeça.

Concluindo, esses são os sintomas mais comuns da TPM, mas, não são os únicos; além deles existem vários outros.

Os Níveis da TPM

Alguns níveis de TPM podem ser facilmente controlados, outros requerem o uso de pílula anticoncepcional e outros remédios de base hormonal. Os níveis mais graves pedem um acompanhamento médico bem próximo. A atividade física ajuda muito quem tem os níveis mais leves e moderados de TPM porque suaviza os problemas físicos e libera endorfina, o neurotransmissor do prazer, que compensa a falta de serotonina.

O nível leve costuma ser mais fácil de ser controlado pela mulher e é considerado um incômodo, nada mais. O moderado já interfere na vida social e familiar da mulher, e o extremo deixa a mulher desabilitada ou compromete sua saúde física e mental, sendo até possível questionar suas decisões nessa época.

Para mais informações sobre TPM, assista ao vídeo abaixo:



Comente!




*Campos obrigatórios