Peeling Químico

Entenda tudo sobre o peeling químico.

Artigo publicado por Bruna nas categorias: Beleza, Bem Estar, Cirurgia Plástica

Não é sempre que seguimos todas as regras para ter uma pele perfeita e acabamos com manchas de sol e rugas finas que chegam com o abuso do sol e negligência em relação ao protetor solar. Até mesmo as pessoas mais diligentes com o tratamento da pele e o protetor solar, pode ser vítima de espinhas e manchas decorrentes delas. O resultado, em ambos esses casos e muitos outros, é a vontade de trocar de pele e arranjar uma novinha em folha.
peeling químico
O peeling pode ajudar com esse desejo. O peeling químico é uma técnica de tratamento estético que renova sua pele, elimina manchas e espinhas e retarda o processo de envelhecimento. Muitos profissionais recomendam o peeling químico como um tratamento preventivo para que não tenhamos que recorrer à cirurgia plástica no futuro.

Os Vários Níveis do Peeling

O peeling químico pode ser superficial, médio ou profundo. Os mais leves usam menos química, provocam uma descamação mais fina e superficial, muito próximo ao descascado de sol. Elas removem manchas mais recentes, melhoram o brilho e a textura da pele. Na maioria das vezes, é necessário mais de uma sessão dos peelings superficiais, mas não há necessidade de separar um período pra recuperação, só tomar cuidado para que a pele esteja sempre protegida por protetores solares.
peeling químico

O Composto

O médio usa compostos mais penetrantes do que o superficial, provocando uma descamação maior. O médio remove manchas causadas pelo sol, outros tipos de manchas e suaviza rugas. Consequentemente, ele dói mais, a pele fica mais vermelha e a descamação é mais feia. A qualidade da pele do rosto melhora muito e é necessário ficar um dia em casa e bem longe do sol. Dependendo dos problemas que a pele tem, é necessário mais de uma sessão.
O peeling profundo é para as pessoas que estão com a pele muito marcada e envelhecida. Ele é bem agressivo e doloroso, sendo preciso ser sedada para passar pelo tratamento. Exige-se um tempo maior (de duas a quatro semanas) para recuperação em casa e o uso de máscaras se for extremamente necessário sair de casa de dia. O rosto fica bem escamado e é preciso curativos e cuidados especiais, mas o resultado é bem impressionante. Recomendado somente para quem tem danos muito profundos na pele, em muitos casos é melhor aumentar o número de sessões de peeling médios.

Para mais informações sobre o peeling químico, assista ao vídeo abaixo:



Comente!




*Campos obrigatórios