Insuficiência Renal Canina

Cães também podem sofrer com insuficiência renal.

Artigo publicado por Bruna nas categorias: Animais, Variedades

Quando chegamos à velhice, alguns órgãos podem parar de funcionar, é algo comum. O cachorro não está livre da velhice e também pode ter alguns órgãos parando. A insuficiência renal é uma das doenças da velhice dos cães, quando os rins começam a diminuir seu ritmo e param de funcionar. Apesar de acontecer de forma mais comum na velhice, pode acontecer em qualquer idade. Por isso é importante a prevenção da insuficiência renal canina, para que não se torne algo crônico e que a vida deles seja menos dolorida.

 

O que é a Insuficiência Renal em Cães?

Para quem não conhece ou não está familiarizado a insuficiência renal crônica em cães, ela é causada pelo mau funcionamento dos rins. Este órgão tem função de excreção, reabsorção de fluidos e alguns processos endócrinos. Assim eles filtram os resíduos ruins do corpo e o excretam através da urina. Por isso é importante que eles funcionem adequadamente. A insuficiência renal pode acontecer por fatores hereditários ou por consequência de outras doenças.

exame canino

Como Acontece?

Por ser uma falha que acontece por motivos de velhice ou fatores genéticos, não existe uma transmissão da doença. Além desses motivos, ela pode acontecer como consequência de doenças como problemas dentários, hipertensão arterial (pressão alta), diabetes, endocrinopatias, infecções, hematozoários, filariose, entre outras.

Sintomas

Os sintomas da insuficiência renal canina costumam aparecer quando 75% do rim de um cão já estão comprometidos. Os principais sinais clínicos da insuficiência renal canina que podem ser percebidos pelos donos são vontade de fazer xixi a todo instante, urina clara, sede excessiva, vômitos e diarreia. Um diagnóstico exato de insuficiência renal crônica aparece apenas com testes laboratoriais, como hemograma. O veterinário é quem deve realizar os exames além de saber com precisão como tratar a insuficiência renal nos cachorros.

Tratamento

Os donos que percebem logo no inicio a insuficiência, conseguem tratamentos com antibióticos, assim se tem cura. Do contrario, quando a doença avança, se torna crônica e não há nada a fazer além de tomar os cuidados necessários para que a vida do cão seja menos dolorida. O tratamento envolve controlar os hábitos alimentares, usar antibióticos, comer apenas rações com quantidades adequadas além de serem indicadas pelo veterinário. Quando atinge o nível de insuficiência renal aguda, precisam ir a uma clínica para tomar soro, e em outros casos, precisam de internação hospitalar. Por isso o veterinário é importante, pois apenas ele tem como determinar o prognóstico e iniciar imediatamente o tratamento, prolongando seu tempo de vida.

Prevenção

Para que os cães não tenham insuficiência renal, os donos precisam saber como evitar. O único tratamento preventivo são as visitas periódicas ao veterinário além de exames regulares, principalmente quando estão em idade mais avançada. As profilaxias são importantes.



Comente!




*Campos obrigatórios