Como Melhorar a Libido Sexual Feminina

Aprenda como melhorar sua vida sexual.

Artigo publicado por Bruna nas categorias: Mulher

A libido feminina sempre foi considerada um mistério entre homens e até mesmo mulheres, mas por falta de informação e pesquisas, por preconceito e por tentarem comparar a libido feminina com a masculina. A libido feminina é completamente diferente da masculina, mas isso não quer dizer que ela seja menor, ou mais difícil de atiçar. É preciso compreender como a libido das mulheres funcionam para que ela ocorra bem.

libido feminina

Problemas com a Libido Feminina

Muitas mulheres podem se sentir sem desejo sexual por muitos motivos. Existem fatores orgânicos como o desequilíbrio hormonal, que infelizmente é normal hoje em dia com a nossa alimentação e remédios tão carregados de hormônios, pode ser também um problema emocional e psicológico, causado pela repressão da sexualidade feminina de um lado e a glorificação do sexo do outro, em que a mulher fica em uma posição em que ela é criticada se exerce sua sexualidade livremente, ou se não a exerce, fazendo dessa área da vida uma complicação.

Além disso, existem problemas comportamentais durante o sexo em si. Muitas vezes a mulher perde o desejo sexual por não estar satisfeita com o parceiro ou o sexo que conhece. A mulher pode precisar de mais sofisticação, preliminares e fantasias do que os homens. Outro grande problema é a depressão e os remédios para a depressão. Algumas vezes a depressão acaba com a libido, outras vezes, os remédios para a depressão fazem isso.

Soluções

  • Primeiramente, a mulher precisa entender quais os fatores que estão prejudicando sua libido. Vá ao ginecologista e converse com ele ou ela sobre isso, sem vergonha, e o médico provavelmente irá lhe pedir um exame para ver como vai seus hormônios. Caso ele ache algo de errado, é só tomar hormônios para regular a taxa de progesterona e estrógeno e provavelmente sua libido voltará.

calcinha

  • Caso esteja tomando remédio para depressão, converse com o seu psiquiatra e reclame da falta de libido, ele irá achar remédios que não causam esse efeito colateral. Caso esteja se sentindo deprimida, vá a um psiquiatra e a um terapeuta, tente sair desse quadro.
  • Em caso de problemas mais complexos como uma repressão sexual interna, um trauma psicológico ou outros, a mulher vai precisar de psicoterapia voltada para esse assunto. Infelizmente, muitas de nós são feridas nessa área da vida por abusos, estupro, violência, preconceitos que permeiam a sociedade e uma educação que prefere ignorar nossa sexualidade a encara-la.
  • Com outros problemas, como a vida sexual estar ruim e desinteressante, e até mesmo com os problemas acima, a mulher pode tentar mudar sua vida sexual e perceber alguma diferença. Comece praticando a sensualidade consigo mesma, comprando brinquedos, masturbando-se, lendo livros eróticos, assistindo vídeos eróticos voltados para o público feminino (infelizmente alguns vídeos pornôs para homens podem nos assustar mais do que nos excitar) e, caso tenha um parceiro fixo, converse com ele, descubra as suas fantasias e as dele, e descubra o que vocês podem mudar na vida sexual de vocês. Compre óleos para massagens, camisolas mais bonitas, um perfume para ele que lhe deixa excitada, mude!


Comente!




*Campos obrigatórios