Cirurgia de Vasectomia

Vasectomia é um dos melhores métodos contraceptivos

Artigo publicado por Bruna nas categorias: Bem Estar, Saúde

A vasectomia é uma cirurgia que ainda possui muitos mitos e inseguranças por parte dos homens. É o método contraceptivo mais recomendado pelos médicos quando o tema é o planejamento familiar. Muitos homens têm receio de sofrer com impotência sexual, um fato que não acontece de verdade. A vasectomia é uma cirurgia mais simples que o ligamento das trompas realizado por algumas mulheres. Na vasectomia, o médico corta os canais que transportam o esperma dos testículos para a uretra. As duas extremidades do canal são amarradas depois de serem seccionadas. Dessa forma o sêmen fica sem os espermatozóides, e o homem não tem o risco de engravida a mulher.

homem de meia-idade

Fatos sobre a cirurgia de vasectomia

Uma das questões que assombram os homens é se está é uma cirurgia definitiva, e não é em termos, pois já existem métodos de reversão. O nome do método de reversão se chama vasovasostomia, e existe maior garantia de sucesso se for feita 10 anos depois da cirurgia. Devido a essa dificuldade é considerada uma cirurgia quase permanente. Homens que buscam a reversão geralmente são por ter se casado novamente, morte de um filho ou por estar em boas condições financeiras para ter mais filhos.

Prejudica á vida sexual?

Quanto à performance sexual e potência não existe nenhuma interferência da vasectomia sobre elas, ou seja, ela não causa impotência sexual. Da mesma forma como ele continua a ejacular, a diferença é que seu sêmen não possui mais espermatozóides. Este é o maior mito que envolve a vasectomia, mais é certo que o homem não perde a libido nem seu desempenho sexual por causa dela. Por isso caso o homem sofra de impotência os motivos são outros e é necessário procurar ajuda médica e psicológica.

Para quem é recomendada?

A Vasectomia é uma cirurgia recomendada para homens que já tenha filhos e uma família constituída e não querem mais filhos, de preferência acima dos 30 anos de idade. No geral ela pode ser feita em qualquer homem fértil, e recomenda-se que o homem converse com sua companheira antes. O homem após a cirurgia não sente dores durante o ato sexual, e a operação é feita com anestesia local, e não são feitos cortes no pênis, são feitos apenas pequenos cortes no escroto. Ou seja, não há mutilações.



Comente!




*Campos obrigatórios